Você está insatisfeito com seus resultados Personal Trainer? Então mude!

 

A sua insatisfação profissional pode ser originada por diversos fatores. Muitos profissionais que trabalham como Personal Trainer estão infelizes com seus resultados e desejam atingir voos mais altos. Nós temos a tendência de pensar em um formato reducionista e por isso tentamos explicar nossa insatisfação com uma visão totalmente míope e incompleta.

Não é incomum nos escutarmos reflexões que comparam o nível de conhecimento técnico e de sucesso na carreira como Personal Trainer. Equivocadamente, muitas pessoas estabelecem uma relação direta e proporcional entre essas duas variáveis. Fruto dessa loucura são conversas que questionam como alguns colegas considerados "menos qualificados tecnicamente" conseguem ter mais sucesso como Personal Trainer do que outros que se intitulam "mais qualificados".

É fácil entender porque esses conflitos acontecem. O Profissional de Educação Física passa todo período da sua formação escutando que ele precisa se qualificar tecnicamente constantemente. Isso é verdade, mas não é suficiente. Por quê? Por exemplo, quando atua como Personal Trainer, o profissional presta serviço e o que é ensinado na faculdade sobre estratégias para melhorar a experiência do cliente durante a prestação do serviço? Essa é muito fácil, NADA !!! [fica calmo(a) em breve vamos te ajudar a melhorar sua prestação de serviço, eu prometo]. Ou seja, um colega considerado "menos qualificado tecnicamente" pode ser um excelente prestador de serviços porque adquiriu conhecimento sobre o tema, conseguiu aplicar no seu dia a dia profissional e isso o torna mais valioso na visão dos clientes.

De verdade, quando o profissional que atua como Personal Trainer conseguir parar de ficar qualificando ou desqualificando seus concorrentes e começar a dedicar esse tempo para olhar para si mesmo, muita coisa vai mudar.  O exercício de olhar para si e buscar coisas para melhorar ao invés de arranjar desculpas para problemas e erros ajuda bastante na evolução de empreendedores. Lembra? Você é um empreendedor. Eu precisava dizer isso para você, vai te ajudar muito, pois todo empreendedor inicia sua trilha de sucesso melhorando sua capacidade de olhar para dentro e criando um planejamento para evoluir.

A vaidade será a grande barreira para essa etapa do seu processo de transformação. Nós fomos criados em uma sociedade onde a cultura de julgar o outro se prolifera em grande escala. Da mesma forma, a necessidade da auto promoção como um exercício de consolidação profissional é algo bastante comum.

Um bom exemplo para tudo isso pode ser visto em palestras onde o slide seguinte ao título contém o currículo do palestrante. Eu me pergunto, para que isso? Vaidade ou necessidade de autoafirmação? Medo?

Tudo isso acontece porque fomos treinados para agir assim e essa forma de comportamento nos impede de realmente entender porque precisamos mudar.

Vivemos uma revolução digital que valoriza o conhecimento. No entanto, sabemos que o sucesso profissional de um empreendedor não depende apenas disso, um conhecimento diferenciado precisa se somar a habilidades e atitudes diferenciadas.

Somos grandes "aprendedores compulsivos", fazemos diversos cursos, lemos livros e artigos, mas não conseguimos melhorar nossas habilidades e atitudes no momento de prestar serviço como Personal Trainer.

Vivemos a transição para um nova economia, impulsionada entre outras coisas pela abundância de conhecimento no mundo físico e digital, mas todo esse cenário não está sendo aproveitado pelos Profissionais de Educação Física que prestam serviço como Personal Trainer.

Em setembro participei como palestrante em um grande evento nacional do setor e pude perceber que nada mudou, os cursos técnicos continuam lotados e sem vagas. No entanto, os cursos que traziam o propósito de despertar o olhar empreendedor e de negócios, não estavam tão cheios assim.

O Profissional de Educação Física que presta serviço como Personal Trainer foi treinado na sua formação acadêmica a ter foco na aquisição de conhecimento técnico, por isso se comporta dessa forma.

Mas ninguém ensina para ele que (1) para se tornar mais competitivo em relação seus concorrentes e atingir seus objetivos, é necessário adquirir conhecimento sobre empreendedorismo e negócios e (2) adquirir conhecimento é o primeiro passo, mas não o final, pois conhecimento sem o desenvolvimento de habilidade e atitude não serve para nada.

Eu conheço profissionais que possuem excelente conhecimento sobre empreendedorismo, mas não conseguem transformar esse conhecimento em atitudes que possam aumentar o resultado financeiro do seu negócio. Enquanto outros possuem um grau de conhecimento menor e conseguem colocar tudo que aprenderam em prática no dia a dia das suas empresas.

Mas qual a diferença entre conhecimento, habilidade e atitude, também conhecida como a teoria do CHA?

Conhecimento é o saber, é tudo que você aprende ao ler livros, artigos e ao participar de cursos. Adquirir conhecimento não é fácil, é necessário sacrifício e muita dedicação.

Habilidade é o saber fazer, tornar o conhecimento adquirido em ação. Desenvolver suas habilidades requerem treinamento e muita prática.

Atitude é o poder de decisão que você precisa ter para utilizar ou não as habilidades de conhecimentos que você aprendeu. É materializar ações definidas através de tomadas de decisões estratégicas o caminho que você deseja dar para o seu negócio.

Então Personal Trainer, fique atento a desenvolver o conhecimento que você não tem, mas que é muito importante para você. Por outro lado, não esqueça, muito conhecimento que não se transforma em atitudes não lhe diferencia em nada dos seus concorrentes.

Até o próximo post.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Comportamento Sedentário, Saúde e Obesidade

January 31, 2019

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags